terça-feira, 8 de junho de 2010







O amor pode acontecer; ou não.






6 comentários:

Bruníssima disse...

nem sei pq eu tô te pedindo desculpa... a gente já se acostumou tanto com o nosso silêncio pós declarações ébrias kkkkkkk.. mas enfim.. melhores amigos dizem " eu te amo ", mas tb dizem " vá tomar no cu " hahaha... e entre esses dois extremos a gente tenta se encontrar...quem sabe um dia a gente consegue.. ou não! vindo de nós, nada mais me surpreende ;/ hsausahusa


(SIM, VC VAI ENTENDER, PAULA M. )

Alexandre Fernandes disse...

Pois é Paulinha querida. O amor é um enigma. A qualquer momento ele pode surgir eclodindo no peito, nos deixando no chão com tanta doçura.

Ou nem mesmo dar sinal, e ficarmos a ver navios, pensando no vazio.

Dá uma certa angústia pensar assim, mas não é toda terra que uma semente brota não é?


Eita esse amor.

Beijos.

Fernanda disse...

HÁ!

FATO!

Jaya Magalhães disse...

Pode ou não. Mas que acontece, acontece. Uma hora ou outra, a gente acontece com ele.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
O amor sempre acontece... agora tem é que dar um jeito nisso, né?

Bjooooo

Carolina disse...

é, mas acontece.
e é tão bom!
:)