sexta-feira, 16 de abril de 2010

Amor?

"Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer..."
(Clarice Lispector)

Hugo bebia seu terceiro copo de vodka barata enquanto xingava Sofia, sua ex-namorada, dizia que ela não valia nada, que era uma vagabunda sem coração.
Na quinta dose já estava chorando como uma criança, chegava a soluçar, "eu a amei como ninguém jamais amará e o que ganhei com isso? Somente ingratidão."
Mais duas doses e pegou o celular, "vou ligar para ela, eu me caso com ela se for preciso, ela é a mulher da minha vida!". Fecha o telefone, desiste de ligar.
Acende um cigarro, enche mais um copo e pensa: "aquela vagabunda deve estar 'dando' pra qualquer um agora, senão pra mais de um, vadia!". Volta a chorar: "como eu a amo, ela não podia terminar comigo, fomos feitos um para o outro, almas gémeas."
O telefone toca, era Sofia:
- Hugo - soluços - não consigo dormir, eu pensei muito e não deveria ter terminado com você, eu te amo, me atormento só de pensar que você poderia estar com outra.
Uma longa pausa.
- Não posso falar agora, você não está enganada, não estou a sós, depois conversamos. Ah, acho melhor não voltarmos mesmo, eu também pensei bastante e você está longe de ser a mulher da minha vida.
Ele desliga o telefone, acende um cigarro, sorri e vai dormir.

6 comentários:

Alexandre Fernandes disse...

Nossa que coisa. Achei cruel o que o cara fez no fim.
Cadê o sentimento. Fico tão triste com esse tipo de coisa. Tudo parece uma cois tão egoísta essas atitudes. Ninguém pensa no outro, e no bem de ambos.

Se houvesse esse pensar no bem de ambos, talvez qualquer orgulho sumisse e o amor se completasse pra sempre. Mas as pessoas...

Aiai

=/

Beijocas Paulinha.

Carolina disse...

Desculpe, Paulinha. Mas pra mim, esse Hugo é um babaca!

Olga disse...

KDLAJHDLSAKJDJSADHASLKDDJ eu ri. acho que eu faria o mesmo do hugo. depois eu ligava e dizia "oi rs, vams voltar sim. só queria te fazer sofrer um pouquinho bjs" JKAGDHKGASDAJHSGDAFDASGDFSAHDFAGD

EFS*** disse...

ah.. os amores...
tão complicados e tão essenciais!

hehehehehe

Silvia Caroline disse...

Homens,são assim mesmo!
Fdp!
Ah, adorei.

Eva Cidrack. disse...

Certíssima essa frase da Clarice.
Muito bem escrito o texto.
Os homens são uns animais sem capacidade mental mesmo. ¬¬'

bom fim de semana! :)