quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Voltar a viver



"Só meu corpo está aqui. Minha cabeça foi embora, já faz tempo." (Caio F.)







Estranhamente, era assim que se sentia. Não tinha vontades mais, aliás, até as tinha, tinha seus sonhos, mas eram só idealizações. Não conseguia ter forças para lutar, para ir atrás, para levantar da cama, se quer.
Não era a primeira vez que isso lhe acontecia, pode-se dizer que ela até já se acostumou. Mas então por que dessa vez se sentia estranha? Porque dessa vez ela não sofria, não se sentia triste, não sentia falta de nada, nem ninguém. Parecia que ela não tinha mais vida, isso, era isso que sentia, que não vivia mais. Não tinha vontade de sair, tomar porres inigualáveis e ter histórias imensuráveis para contar depois. Não sentia aquele gostar por aquele moço, nem por nenhum dos moços que já fizeram parte da sua vida. Pelo contrário, sentia que não queria nenhum deles e ela nunca havia se sentido assim, ela sempre idealizava algum. Dessa vez ela sentia que ela ainda não havia conhecido 'ele'.
Ela sentia uma enorme vontade de voltar a viver, por mais dores que ela tenha passado, por mais difícil que fosse tudo, mas sempre existiam inúmeras alegrias também. E tudo isso era melhor que não sentir nada!


"Quem passou pela vida em branca nuvem e em plácido repouso adormeceu. Quem não sentiu o frio da desgraça, quem passou pela vida e não sofreu. Foi espectro de homem, não foi homem. Só passou pela vida, não viveu." (Francisco Otaviano)

7 comentários:

M.G. disse...

Prefiro nada comentar ...
Sai dessa !!!
Lute contra você mesma e saia pra vida lindíssima que te espera lá fora.
Transforme sua 'vontade de mudar' na vontade de mudar mais avassaladora que esse mundo já viu.
E viva !
Viva intensamente e com fervor ...
Embora quem quase morrer esteja vivo, quem quase vive já morreu ..
Êiai!

Jéssica, a antropofágica disse...

Não sei, Paula, às vezes acho que seria muito melhor eu não ter vivido então...
Viver dói demais e a morfina nunca vem na quantidade certa!
Beijos

EFS*** disse...

"E tudo isso era melhor que não sentir nada!"

Infelizmente nos sentimos nesta situação... um triste conforto até que venho o prato principal!

Beijos linda!

R.Vinicius disse...

Hum. Oi. Não há o que ser dito por mim, basta o silêncio e essas poucas palavras que dizem apenas para que tudo melhore. Abraço.

R.Vinicius disse...

Oi. Tive que voltar porque me ocorreu "como saber se trata-se dela? Se for um conto, ou uma história?" De qualquer forma esperasse sempre o melhor. Abraço.

Jaya disse...

O começo me lembro "A metamorfose", de Kafka. Senti a mesma angústia aqui e lá.

Viver dói.

Mas...

Ah!

"Quem passou por essa vida e não viveu, pode ser mais mas sabe menos do que eu".

O poetinha disse.

Beijo, frô.

Lucas Lima disse...

outro post maravilhoso, de ótimas citações e reflexão soberba...
bons dias
vamos colorir a vida pra não deixar nada branco, rs